Crescer e se fortalecer no mercado são os objetivos comuns a qualquer startup. No entanto, para que isso aconteça, não basta oferecer um produto ou serviço de inovador e de qualidade. A divulgação é essencial para sustentar a expansão junto aos investidores e clientes. Para isso, a estratégia de marketing deve ser bem elaborada e a utilização de vídeos nessa comunicação é uma excelente opção.

Os vídeos para startup podem ser utilizados para favorecer o seu negócio em diversas formas: seja na apresentação do seu pitch, na divulgação da sua empresa, produtos ou serviços ofertados. Eles contribuem, inclusive, para passar informações de maneira mais clara e objetiva na construção do MVP (Minimum Viable Product ou mínimo produto viável, em português).

Geralmente, os vídeos para startup são curtos, muitas vezes feitos em animação ou motion graphics, visando mostrar a proposta de valor da empresa de uma maneira fácil e rápida. Como o objetivo é convencer o público de que aquela ideia é poderosa e funciona, o roteiro deve ser diferenciado, fugindo do padrão de vídeos institucionais.

Quer saber como usar os vídeos para startup a seu favor? Então continue lendo o artigo!

 

  • Defina o objetivo

 

A preparação e o planejamento são essenciais antes de iniciar qualquer tipo de vídeo. Como cada um deles tem um objetivo, é preciso definir qual é a finalidade daquele material específico para que os resultados sejam efetivamente alcançados. Por exemplo, o discurso de quem quer produzir um pitch interativo é diferente daquele que quer explicar a funcionalidade do produto ou serviço, já que o público também não é o mesmo.

Para facilitar esse processo, faça um diagnóstico da sua apresentação. Responda as questões: Onde ela será feita? De que forma? Quem estará presente para ouvi-la? Qual o tempo disponível? Com isso, o contexto poderá ser identificado, assim como os recursos necessários para a elaboração do seu vídeo.

 

  • Cuide da narrativa ao preparar o roteiro

 

A elaboração do roteiro é indispensável, ainda que as informações necessárias para o vídeo esteja claras na sua cabeça. Issa garante que nenhum detalhe seja esquecido e permite uma visualização mais clara da narrativa, que precisa ser feita com cuidado. Além disso, você consegue compor a sua ideia como um todo, inserindo também informações sobre as imagens, ícones, letterings e os efeitos que serão utilizados. Lembre-se, o seu público deve ser atingido com aquele material!

 

  • Seja simples

 

Outra dica que deve ser seguida independente da apresentação que será feita: seja simples ao criar os vídeos para startup. O uso de alguns efeitos como vinhetas, letterings e outros, são bem-vindos, mas é preciso tomar cuidado com o exagero, para não perder o profissionalismo. Quanto mais simples for o vídeo produzido, mais fácil será a conquista de seus objetivos.

 

  • Dê atenção para a comunicação visual

 

Por último, cuide da comunicação visual do seu vídeo, porque ela faz a diferença! Seja bastante seletivo na escolha das imagens e ilustrações que farão parte do seu material para que elas sejam efetivas na hora de chamar a atenção para a sua ideia e prender o seu público. Use uma paleta de cores estabelecida para deixar sua apresentação com uma identidade única e coesa e não utilize muito texto, para não dividir a atenção do expectador ou cansá-lo.

E você, já utilizou vídeos para startup? Ainda tem alguma dúvida sobre como fazê-los? Deixe nos comentários!