O conteúdo audiovisual é um dos tipos preferidos dos usuários das redes sociais e a sua popularidade continua a aumentar. Ao percorrer a nossa timeline do Facebook ou o feed do Instagram, por exemplo, é fácil encontrar vídeos sendo publicados e compartilhados, sejam eles tutoriais, receitas, engraçados ou motivacionais.

Dados da Cisco revelam que, em 2019, os vídeos serão responsáveis por 80% do consumo global da Internet. Além disso, no mesmo ano, quase um milhão de minutos de conteúdo em vídeo irá cruzar as redes a cada segundo. É possível perceber o crescimento significativo desse formato de mídia e, por consequência, a importância de usá-lo como estratégia de divulgação e aumento de vendas.

E, por que não trabalhar vídeos atrativos nas redes sociais, aproveitando o engajamento da população brasileira e as horas de consumo que são dedicadas a elas? Continue lendo o artigo e descubra como usá-los em duas mídias sociais mais populares no Brasil.

Facebook

O Facebook é a rede social mais popular do mundo e também lidera o ranking de rede com mais números de usuários e acessos diários no nosso país. Só por isso, o compartilhamento de vídeos atrativos na plataforma já poderia ser considerado obrigatório. Para completar, o alcance do formato é muito maior do que o de publicações com links ou apenas textos e a empresa investe constantemente em novos recursos no que diz respeito ao audiovisual e sua distribuição.

Para garantir o sucesso do seu vídeo, pense em conteúdos simples, curtos e principalmente, que sejam úteis para o seu público. É interessante entender os formatos que a sua audiência mais gosta e utilizá-los, facilitando o engajamento e compartilhamento do seu material. A qualidade também é um item indispensável, afinal, assistir aos vídeos em alta resolução é sempre mais convidativo. Por último, procure despertar o interesse das pessoas nos segundos iniciais e garanta que eles sejam suficientemente atrativos para que um usuário persista até o final.  

Instagram

Há algum tempo, muitas empresas tinham receio de investir no Instagram e não viam nele uma grande oportunidade de negócios, já que o aplicativo foi pensado para trabalhar apenas conteúdos visuais. Entretanto, o crescente número de usuários e as novas possibilidades incluídas na plataforma conseguiram reverter essa situação.

Ao trabalhar com vídeos no feed, é necessário se preocupar com o apelo visual. Os usuários esperam por conteúdos esteticamente agradáveis, desde o início um diferencial do Instagram, mesmo com a chegada do Stories e a tendência do compartilhamento de vídeos mais informais. Quando for produzir os seus materiais, lembre-se disso. Como a rede possui tempo limitado de duração de até um minuto, procure utilizar vídeos curtos. Use também as hashtags ao seu favor,  sempre relacionadas com o tema abordado e sem excessos.  

E agora, se sente mais preparado para fazer mais sucesso com vídeos atrativos nas redes sociais? Comece a trabalhar conteúdos audiovisuais nessas ferramentas e perceba como os seus resultados podem ser melhores com eles!